Institucionais Notícias

SBRT participa de consenso da IAEA de melhores práticas para os serviços de radioterapia durante a pandemia do COVID-19

A SBRT, representada por seu presidente Dr. Arthur Accioly Rosa, participou em 3 de abril último de um importante webinar promovido pela Agência Internacional de Energia Atômica (IAEA) destinado a elaboração de um consenso de práticas a serem adotadas pelos departamentos de radioterapia durante a pandemia do COVID-19.

Com a participação de diversos especialistas internacionais, foram discutidos 4 principais temas desafiadores para este período: Encaminhamento para Radioterapia; Proteção de pacientes, funcionários e público; Mudanças na prática de radioterapia e adaptação psicológica, questões éticas e legais.

Os participantes discorreram sobre as diversas orientações e experiências implementadas nos diferentes países acometidos pela pandemia. Participaram do webinar Arthur Rosa (Brasil), Hugo Marsiglia (Chile), Shyam Shrivastava (Índia), Soehartati Gondhowiardjo (Indonésia), Aileen Flavin (Irlanda), Pierfrancesco Franco (Itália), Iain Ward (Nova Zelândia), Hannah Simmonds (África do Sul), Yavuz Anacak (Turquia), Mack Roach (EUA), Waleed Mourad (EUA), Elena Fidarova (OMS); e como moderador: Maio Abdel-Wahab (AIEA) e Kirsten Hopkins (IAEA).

A pandemia do COVID-19 representa um grande desafio para os departamentos de radioterapia em todo o mundo, para conter a disseminação do COVID-19 e garantir a continuidade dos serviços e o cuidado ao paciente.

Atendendo às necessidades exclusivas da comunidade, a SBRT trabalha em conjunto com a IAEA outras sociedades de radioterapia em todo o mundo para facilitar o compartilhamento das melhores práticas da radioterapia na busca de um consenso.

Para Arthur Rosa, “A SBRT tem a responsabilidade de orientar os serviços brasileiros neste momento de crise internacional, a fim de garantir a sustentabilidade dos departamentos de radioterapia e a proteção a todos os envolvidos nesta atividade – empresas, médicos radio-oncologistas, equipe técnica e pacientes. A nossa participação em ações conjuntas junto à AIEA e outras sociedades internacionais médicas de classe reforça a credibilidade que a radioterapia brasileira vem conquistando nos últimos anos”.

 

RT 2030

Encontre um Especialista