A União Internacional para o Controle do Câncer UICC desenvolveu um estudo que mostra que o capital investido em radioterapia traz retorno na proporção de quase 3x em 10 anos. Mostra também que o planejamento deve ser de longo prazo, considerando aspectos de transição demográfica e epidemiológica. Com esse entendimento, a Sociedade Brasileira de Radioterapia (SBRT) está organizando um Projeto denominado RT2030 para estudar a realidade atual da radioterapia nacional e as intervenções necessárias para atingir a integralidade de acesso para a população em um período de até o ano de 2030.


Saiba mais

RT2030

PRESIDENTE DA SBRT FALA SOBRE O PROJETO RT2030

ASSISTA ABAIXO

É bastante conhecida a dificuldade de acesso dos pacientes brasileiros a radioterapia nas últimas décadas. Inúmeras iniciativas de solução desse problema foram tentadas em diversas esferas, públicas e privadas, sem sucesso. Está muito claro a grande complexidade do setor e principalmente o longo tempo necessário para que as iniciativas tragam algum resultado. Pensando nessa grande complexidade do setor, nas diversas frentes de trabalhos necessários, principalmente no longo prazo para a realização dos resultados, a Sociedade Brasileira de Radioterapia, tem a honra de anunciar a criação do projeto RT2030. Trata-se de um projeto conduzido pela SBRT, com a supervisão técnica da Fundação Dom Cabral, que buscará soluções para que no prazo de 10 anos, ou seja, em 2030, a população brasileira tenha acesso integral a radioterapia e principalmente, a uma radioterapia de qualidade.

Para isso, convidou todos os setores envolvidos na radioterapia, fabricante de equipamento, instituições governamentais como o Ministério da Saúde e a Comissão Nacional de Energia Nuclear, sociedades médicas, Ongs, empresas de logística e manutenção, associações de hospitais e instituições filantrópicas, dentre outras, para discutir os principais problemas do setor. A Fundação Dom Cabral, empresa com grande know how em administração e gestão, irá compilar essa problemática e buscará potenciais soluções para o setor em pelo menos sete frentes de trabalho: infraestrutura, recursos humanos, tecnologia, gestão de operação, regulação, base de dados e aspectos econômicos e financeiros do setor. Esse material então será compilado num documento final, a ser disponibilizado para a sociedade brasileira e certamente ajudará gestores públicos e empresários, com informações técnicas, principalmente sem vieses, para ações visando melhorar a radioterapia nacional. Contamos com apoio de diversas instituições, que você pode conhecer melhor navegando nesse site.

Agradecemos comentários e contribuições, que podem ser encaminhadas através de endereço de e-mail e telefone também disponíveis nessa página. Toda ajuda é bem-vinda para o projeto RT2030. Um projeto ambicioso que certamente mudará o cenário da radioterapia brasileira na próxima década. Não deixe de apoiar e participar!

A Sociedade Brasileira de Radioterapia agradece.

FRENTES DE TRABALHO

 

Baseados nos problemas levantados durante o KickOff do RT2030, os mesmos foram agrupados em 7 frentes de trabalho que nortearam o desenvolvimento do projeto.


Conheça nossas frentes de trabalho