Gerais Notícias

Recomendações para Radioterapia no Câncer de Mama durante a pandemia do COVID-19

A radioterapia é parte importante do tratamento da neoplasia de mama e a Sociedade Brasileira de Radioterapia (SBRT) defende a avaliação individualizada das condutas durante a pandemia de COVID19, caso-a-caso e sempre conduzida por especialista. Em linhas gerais, nesse contexto de excepcionalidade, favorece aos especialistas a considerar as seguintes estratégias:

  1. Estímulo aos tratamentos hipofracionados moderados como rotina, para todas as pacientes independentemente do alvo de tratamento (mama, parede torácica e drenagem regional) e da cirurgia que foi realizada (cirurgia conservadora, mastectomia com ou sem reconstrução).
  2. Postergação do momento da radioterapia em pacientes considerados de baixo risco para recorrência e alto risco para COVID19, enquanto durar a pandemia.
  3. Omissão de boost em leito operatório na ausência de critérios de alto risco

Essas medidas tem como proposito reduzir a jornada dos pacientes dentro de unidades hospitalares e consequentemente o risco de exposição a contaminação social por COVID19. A SBRT fomenta que os departamentos de radioterapia adotem medidas de segurança na rotina de funcionamento como a triagem de pacientes suspeitos, o uso adequado de Equipamentos de Proteção Individual e o contingenciamento de horário especifico para tratamento de pacientes suspeitos ou positivos para COVID19. Esse horário deve acontecer no final do turno, com equipe treinada e provida de EPIs adequados, seguido de higiene final do equipamento e da sala. A SBRT recomenda também, e de forma geral, não interromper os tratamentos de radioterapia já em curso.

RT 2030

Encontre um Especialista