Científicas Notícias

Guideline ASCO/ASTRO: Radioterapia em Câncer de pulmão pequenas células

A JCO publicou, em novembro de 2020, o Guideline da ASTRO, endossado pela ASCO, sobre radioterapia no Câncer de Pulmão de Pequenas Células.

Na doença localizada, a radioterapia torácica recebe recomendação forte, a partir do primeiro ou segundo ciclo de QT, com campos envolvidos na doença macroscópica pré-QT, e dose de 45Gy (150cGy/fração BID) ou 60 a 70 Gy (200cGy/dia). Também pode ser indicado tratamento adjuvante após ressecções R1 e R2, ou em caso de estadiamento N2 (recomendação condicional/opinião de especialistas).

Pode ser indicada SBRT nos EC I e II, N0 em pacientes inoperáveis. Fracionamentos convencionais são preferenciais em lesões ultracentrais. Pode ser utilizada QT após a SBRT.

Deve ser feito reestadiamento de SNC com RM em pacientes com boa resposta ao tratamento inicial (recomendação forte, apesar de nível de evidência baixo). A radioterapia profilática de SNC (PCI), com dose de 25Gy em 10fx, é indicada preferencialmente para EC II e III <70anos com bom PS e boa resposta à QT. No EC I, a preferência é por acompanhamento com RM (recomendação condicional).

A consolidação torácica na doença avançada é indicada após boa resposta à QT ou imunoterapia, porém com doença residual, com esquema de 30Gy/10 frações.

Dra. Luciana Vignoli Guzella da Silva
Médica Radio-oncologista
Hospital São Rafael (Rede D’Or)
Hospital Aristides Maltez, Salvador-BA

Congresso de Pele

Congresso SBRT

ECR

RT 2030

Encontre um Especialista