Científicas Notícias

Estudo brasileiro de hipofracionamento em leito prostático

O hipofracionamento já está bem consolidado no tratamento primário do câncer de próstata, após a publicação de 9 grandes ensaios clínicos randomizados, que demonstraram equivalência em eficácia e segurança quando comparado ao fracionamento convencional. Pode-se afirmar que, embora não consensual, a radioterapia hipofracionada tende a se tornar um novo padrão do tratamento definitivo da neoplasia maligna da próstata. Entretanto, no contexto pós operatório, os dados prospectivos para se utilizar esta estratégia ainda são bastante escassos.

Neste último mês, o Red Journal publicou (pre-proof version) os primeiros resultados de um estudo brasileiro: “Hypofractionated radiotherapy to the prostate bed with intensity modulated radiation therapy (IMRT): a phase II trial”. Trata-se de um estudo prospectivo de fase 2, braço único conduzido no Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP) que teve por objetivo avaliar a toxicidade da radioterapia hipofracionada do leito prostático, em contexto adjuvante ou de resgate, e seu impacto na qualidade de vida. O endpoint primário do estudo foi taxa de toxicidade urinária aguda Grau 2.

Em uma amostra de 61 pacientes, o tratamento foi realizado em 15 frações de 340cGy com técnica IMRT e IGRT diário. A taxa de toxicidade urinária aguda grau > 2 foi de 11.5% e apenas 1 paciente (1.6%) apresentou toxicidade urinária aguda grau 3. Os sintomas gastrointestinais (GI) agudos grau ≥ 2 foram de 13.1%. Já as toxicidades tardias urinárias graus ≥ 2 e 3 foram de 8.2% e 1.6%, respectivamente, enquanto a GI grau ≥ 2  foi de 8.2%. Não houve toxicidade GI grau 3. Até o momento, não foi observado impacto significativo na qualidade de vida.

Embora com um seguimento mediano ainda curto, de 16 meses, a redução do PSA foi satisfatória e a sobrevida livre de falha bioquímica em 2 anos foi de 95.1%.

Link para o artigo: https://www.redjournal.org/article/S0360-3016(20)34666-6/pdf

Dr. Elton T. T. Leite
Radioterapia
Hospital Vila Nova Star, Rede D’or
Instituto do Câncer do Estado de São Paulo – FMUSP
@eltontt

Congresso de Pele

RT 2030

Encontre um Especialista