Científicas Notícias

Consenso Brasileiro de Hipofracionamento em Câncer de Próstata Localizado

A Sociedade Brasileira de Radioterapia (SBRT) designou um grupo 16 rádio-oncologistas de diferentes regiões do Brasil para realizarem o consenso Brasileiro de hipofracionamento em câncer de próstata doença localizada. Um urologista e um físico médico representaram, respectivamente, a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) e a Associação Brasileira de Física Médica (ABFM).

Os principais estudos que suportam o uso do hipofracionamento moderado e extremo foram discutidos para que os panelistas tomassem suas decisões de maneira mais embasada possível. Foi dado um intervalo de tempo para que os membros pudessem argumentar a favor ou contra cada afirmação. A votação foi direcionada a 3 tópicos principais: a) indicações do hipofracionamento; b) desfecho do tratamento; c) questões técnicas. Após a argumentação, foi realizada votação aberta de acordo com o Método Delphi. Para se atingir o consenso, foi necessária uma concordância mínima de 75% dos panelistas. Comentários adicionais ou recomendações específicas foram colhidos depois da votação.

O consenso tem como objetivo definir as indicações e os requisitos mínimos para a aplicação segura da radioterapia hipofracionada em pacientes com câncer de próstata localizado no Brasil. Esse documento irá apoiar rádio-oncologistas e físicos médicos a implementarem o hipofracionamento na prática clínica.

O consenso não abordou recomendações acerca do tratamento de radioterapia adjuvante ou de resgate. Também, não abordou temas relacionados a definição do volume do alvo, margens do PTV ou restrições de dose.

As recomendações estão disponíveis no documento que pode ser lido na íntegra em: https://ramb.amb.org.br/wp-content/uploads/2021/05/RAMB_v67n1.pdf

Daniel Moore
Radio-oncologista Hospital Sírio-Libanês de Brasília

 

Congresso SBRT

Congresso de Pele

ECR

RT 2030

Encontre um Especialista