Restrito Técnicas de Radioterapia

Radioterapia Conformada

Essa técnica foi desenvolvida para que o planejamento fosse realizado como resultado da aquisição de exames de imagem do paciente e conseqüente possibilidade de visualização do volume alvo e dos tecidos normais. A imagem é exportada para um sistema de planejamento (computador) que define o local e o volume dessas estruturas, bem como realiza o planejamento da entrega de doses através de diferentes portas de entradas, conhecidas como campos de tratamento.

Assim, o desenvolvimento dessa técnica permitiu que os tratamentos fossem individualizados, as doses prescritas de radiação aumentadas sem acarretar mais complicações e, comparativamente à técnica convencional, com muito mais segurança, uma vez que se visualizam as estruturas anatômicas que estão sendo tratadas. Além disso, o sistema computadorizado de tratamento cria gráficos com a quantidade de radiação liberada em cada estrutura definida. Assim, é possível se avaliar a chance de complicação e a eficácia do tratamento.

Atualmente, a radioterapia conformada é a técnica minimamente recomendada para as seguintes situações clínicas:

. Tumores primários do sistema nervoso central
. Tumores da cabeça e pescoço
. Tumores torácicos
. Tumores do abdome superior
. Tumores da região pélvica
. Tumores de próstata
. Linfomas
. Sarcomas de partes moles inclusive de membros

Congresso SBRT 2018

Encontre um Especialista