Primeiro Acesso
Login

Votação eletrônica para a escolha da equipe SBRT 2017-2020 tem início amanhã, dia 20/09

Caros Rádio-oncologistas,

Amanhã começará a votação eletrônica para a escolha da equipe que deverá cuidar da SBRT no período 2017-2020 e é com muita satisfação que vejo se desenhar uma disputa acirrada entre duas chapas nas quais, sem exceção, temos amigos e companheiros de especialidade que merecem todo o nosso respeito.

A disputa eleitoral é importante, pois traz uma responsabilidade extra para quem for eleito em honrar as suas propostas o que deverá acelerar ainda mais o crescimento da nossa especialidade no país. A nossa única preocupação é que esta disputa possa gerar uma cisão dentro de uma especialidade que tem pouco mais de 400 colegas atuantes. Neste sentido, conclamamos os integrantes das duas chapas para que façam um debate baseado em propostas concretas, evitando ao máximo críticas desnecessárias dirigidas aos concorrentes. Somos poucos e temos o desafio de nos fazer ouvir pelas outras especialidades e uma divisão entre nós só poderá nos enfraquecer nesta luta diuturna na afirmação da radioterapia brasileira.

A SBRT cresceu muito desde a gestão do Dr. Miguel Aborian Gonçalves, entre 1998 e 2000, e alcançou vitórias importantíssimas, do reconhecimento da radioterapia como especialidade médica à conquista de um acento na AMB, da subordinação ao Colégio Brasileiro de Radiologia (CBR) à independência e respeito pelas outras especialidades, do aluguel de uma salinha na sede do CBR à aquisição de uma sede na região da Paulista, entre outros. Estas conquistas, ao nosso ver, são o produto do trabalho de muitos colegas que doaram o seu tempo para a nossa sociedade e nem sempre ficaram sob o holofote da mídia e nada mais são do que a evolução do que foi feito pelas gestões anteriores.

Nossa gestão está sendo pautada pela democracia interna e pela integração com as outras especialidades oncológicas. Temos feito questão que discutir todas as nossas ações por teleconferência, permitindo que o máximo possível de colegas opine e influencie na tomada de condutas pela diretoria, independentemente de onde esteja. Um capítulo à parte foi a nossa união com as Sociedades de Oncologia Clínica e Cirurgia Oncológica que gerou uma revista comum, o Brazilian Journal of Oncology, e o congresso comum no próximo mês, a I Semana Brasileira da Oncologia. Integração entre nós e com os nossos pares de tríade multidisciplinar tem sido a nossa palavra de ordem.

Na esfera da remuneração pelo SUS, nossa maior fonte pagadora, estabelecemos um amplo diálogo com o Ministério da Saúde. Tem sido uma luta árdua com os objetivos de empacotar os procedimentos e estabelecer uma remuneração justa para os mesmos. Cabe aqui agradecer ao Dr. Eronides Batalha Filho que tem trabalhado na SAS / MS (Secretaria de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde) e tendo feito todo o trabalho braçal da elaboração da portaria que está pronta e aguardando uma decisão política para sua publicação. Na mesma linha de ação, cabe aqui agradecer ao Dr. Marcus Simões Castilho que desenvolveu junto a professores da Fundação Don Cabral uma planilha de custos da radioterapia que foi muito elogiada pelo pessoal do Ministério da Saúde e que será levada em conta na precificação dos nossos procedimentos.

Paralelamente a esse processo temos procurado os caminhos políticos que podem ser trilhados e conseguimos uma audiência na Câmara dos Deputados em Brasília no dia 04/10/2017 quando apresentaremos novamente nossos problemas e os nossos pleitos.

Mesmo nos orgulhando de tudo que fizemos e estamos fazendo, sabemos que há muito por fazer para que seja melhorada a nossa sociedade.

Como sempre, estamos abertos ao diálogo com todos que o queiram.

 

Abraço,

 

Eduardo Weltman

Presidente SBRT – Triênio 2014-2017

 

Categorias: Notícias