Institucionais Notícias

Impressões sobre o XXI Congresso da SBRT por Dr. Victor Hugo Valois – R2 HC/FMUSP

Lembro com certa nostalgia os simpósios da Liga Acadêmica de Oncologia, da qual fiz parte durante a minha graduação, período no qual o meu interesse pelo paciente oncológico só fez crescer. A Radioterapia até então se resumia a uma aula de noções gerais, em meio a tantas outras; pra mim uma especialidade meio distante, misteriosa, quase esquisita, pela qual eu tinha alguma curiosidade, mas contato prático nenhum. Anos se passaram e hoje, residente de Radioterapia no HC/FMUSP, tenho a oportunidade de participar do meu primeiro congresso de Radioterapia e posso dizer: encontrei minha turma! A experiência no XXI Congresso de Radioterapia, concomitante à II Semana Brasileira de Oncologia, foi transformadora.

Já no primeiro dia, um belo encontro de Residentes, que incluiu aulas e apresentações de trabalhos bem interessantes e enriquecedores de colegas que, como eu, têm descoberto a cada dia o fascínio de uma especialidade tão complexa e interdisciplinar.

Nos dias subsequentes, palestrantes nacionais (muitos dos quais professores / médicos assistentes da minha instituição de origem) e internacionais me fizeram ter noção da grandiosidade da especialidade, sua constante transformação, a necessidade de estudo e atualização frequentes, e a importância de investimentos urgentes num país tão carente de recursos, mas repleto de gente dedicada e competente. Destaco a multidisciplinaridade com as outras áreas (Oncologias Clínica e Cirúrgica), além da Física Médica, Enfermagem, como um ponto forte.

A discussão de casos clínicos também muito me interessou; por meio de dispositivos interativos, tornou o debate mais dinâmico e revelou, diversas vezes, o quanto conviver com a dúvida, a incerteza, é parte do nosso trabalho e o compartilhamento de experiências entre profissionais é sempre salutar e bem-vindo. O momento de maior emoção, no entanto, ficou a cargo da homenagem prestada à Dra. Heloísa Carvalho, professora livre-docente do HC/FMUSP, uma das ganhadoras do prêmio Marie Curie, profissional brilhante e inspiradora, com a qual tenho o privilégio de conviver na minha residência. Reconhecimento mais que merecido, de alguém que congrega assistência, pesquisa e ensino de forma exemplar, sempre pautada pela técnica e pela ética.

Ademais, a troca diária informal e espontânea entre todos nós, participantes do congresso, das mais diversas áreas, tendo a cidade maravilhosa como pano de fundo, foram aspectos também fundamentais para que esses dias tenham sido tão proveitosos e prazerosos. Conhecer e reconhecer novos e velhos colegas e amigos, fortalecer laços, ampliar horizontes, já me fazem querer estar presente nos próximos e tantos outros congressos que virão. Em suma, é muito bom olhar para trás e ver o quanto minha visão da Radioterapia se ampliou e se transformou positivamente, desde os meus primeiros simpósios de Oncologia até os dias de hoje; e vislumbrar o quão interessante pode ser vivenciar uma especialidade ainda pouco conhecida mas de extrema relevância para o nosso país. Que venham os próximos congressos!

Congresso SBRT 2019

RT 2030

Encontre um Especialista